POLÍCIA INVESTIGA MORTE DE ADOLESCENTE PROVAVELMENTE INTOXICADA POR MEDICAMENTO

1546277_693840187397022_2082331043195944329_n_opt (1)

A polícia de Barreiras no Oeste da Bahia investiga a morte da estudante Camila Clara Sampaio de Souza, 17 anos, que foi encaminhada para o hospital do Oeste na madrugada desta terça-feira, 21, após ingerir grande quantidade de medicamento. Seu óbito foi constatado por volta das 2 h 20.

Socorristas do SAMU foram acionados pela Polícia Militar e realizaram um conjunto de manobras de reanimação cardiorespiratória até chegar com a vítima no HO, onde a mesma faleceu minutos depois.

Quando passou mal, a estudante estava no interior de sua residência em companhia de uma irmã mais nova, na Rua 26 de maio, no centro de Barreiras/BA. A mãe de Camila suspeita que a morte tenha sido causada por intoxicação medicamentosa. Familiares entregaram à polícia cientifica alguns remédios que Camila usava.

Segundo informações da senhora Patricia Rejane Amaral Sampaio sua filha saiu de Ibotirama para morar em Barreiras com sua irmã mais nova, onde participavam de um curso pré-vestibular.

O corpo já foi examinado no IML regional de Barreiras, mas o laudo pericial atestando a causa da morte, só será liberado no prazo de 30 dias.

Texto e postagem: Joselia Brito

Alô Alô Salomão

farmacia-659x250-2-659x250