POLÍCIA REGISTRA HOMICÍDIO CARACTERÍSTICO DE EXECUÇÃO EM BARREIRAS/BA

O Departamento de Homicídio e Proteção a Pessoa (DHPP), órgão subordinado à 11ª Coordenadoria de Barreiras (COORPIN), investiga homicídio ocorrido no início da madrugada desta sexta-feira (25) no bairro Vila nova. A investigação aponta para uma possível execução, já que os criminosos dispararam mais de quinze tiros de pistola 9 mm contra o alvo.

De acordo com populares, o crime foi cometido por dois homens em uma moto, os quais se aproximaram da vítima, Luciano Venancio dos Santos, de 38 anos, e consequentemente atiraram. Os assassinos ainda não identificados fugiram logo em seguida.

O local do crime foi isolado pela Polícia Militar e o delegado de plantão da 1ª Delegacia Territorial, Rui Pinheiro de Souza acompanhou os procedimentos periciais realizados pelo perito criminal Claudemiro Pires e seus auxiliares. O corpo foi recolhido e encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML/DISEP/SESI).

Plantonistas do DPT reclamaram da atitude de familiares da vítima, que violaram a área do homicídio, removendo cápsulas de balas, antes que a equipe de perícia chegasse ao local.  Agentes da polícia científica comentaram que mexer na cena do crime pode atrapalhar as investigações.

Prisão de Luciano no início do ano

Declarações policiais dão conta que, em 04 de janeiro deste ano, uma equipe da RONDESP Oeste prendeu Luciano Venancio, no bairro Novo Horizonte, em Barreiras/BA, por associação com o tráfico de drogas. No mesmo bairro, na residência que foi alvo de denúncia anônima, onde ele era visto constantemente com seus comparsas, os policiais encontraram um túnel para armazenamento de armamentos, munições e carregadores para armas de grosso calibre (fuzis, pistolas, submetralhadoras), além de grande quantidade de crack e cocaína.

Postagem: Maicon Dias

Alô Alô Salomão