POLÍCIA REGISTRA ROUBO SEGUIDO DE MORTE EM BAIANÓPOLIS

Image00001

O lavrador Edito Caetano Stuza, conhecido por Dito, de 46 anos, foi morto como pelo menos quatro tiros, dentro de sua casa, no povoado de Vereda do Sapé, zona rural de Baianópolis, região Oeste da Bahia. O crime ocorreu na noite desta sexta-feira, 13.

Os autores do crime roubaram uma carteira de cédulas com documentos pessoais e dinheiro da venda de um gado da vítima. Vizinhos disseram à Polícia Civil, que ouviram os tiros e o barulho de um carro chegando e saindo em fuga do local.

O filho de Dito, um adolescente de 14 anos, fugiu ao perceber que seu pai estava sendo assaltado. Os criminosos reviraram a casa toda à procura de dinheiro e objetos de valor.  As investigações assinalam como crime de latrocínio, roubo seguido de morte.

Alô Alô Salomão

Image000101