Prefeitura proíbe mesas e cadeiras de bares e restaurantes na Praça Marechal Deodoro no cais de Barreiras

Proprietários de bares às margens do cais de Barreiras, reclamam que, a prefeitura não quer mais admitir a ocupação da Praça Marechal Deodoro da Fonseca (Praça do antigo Pinguim), por cadeiras e mesas. Esta semana os donos de bares e restaurantes receberam advertência para deixarem as calçadas da praça, livres. Os comerciantes alegam que a ocupação só ocorre nos finais de semana, a partir das 18h 00.

Funcionários da prefeitura afirmam que, a ocupação é ilegal, porque transformou o ambiente público em extensão de bares e restaurantes onde ocorreram sérios conflitos entre jovens e adolescentes que se reúnem aos finais de semana nas proximidades do cais. Além do mais, ressaltam que, as mesas e cadeiras impedem a caminhada diária de muitos moradores da área, e atrapalham a utilização da academia ao ar-livre instalada na praça.

Os comerciantes já foram notificados para não ocuparem mais as calçadas e estão tentando convencer a prefeitura a voltar atrás da decisão, que segundo os mesmos vai gerar prejuízos aos estabelecimentos comerciais. “O poder público deveria cuidar da segurança desses jovens, sem gerar prejuízos ao comércio. Nossas mesas e cadeiras não atrapalham os usuários da praça, porque são colocadas à noite. O que falta aqui é a presença da polícia, Guarda Municipal e Conselho Tutelar”, comentou à comerciante Roseli Almeida.

Alô Alõ Salomão