PRESO SOFRE TENTATIVA DE HOMICÍDIO NA CADEIA PÚBLICA DE BARREIRAS

Preso furado

O prisioneiro Wesley Porto da Paixão, segundo informações da polícia, foi agredido com vários golpes de arma branca, possivelmente chuços e facas de fabricação artesanal, ao final da tarde desta terça-feira, 16, na cadeia pública de Barreiras, no bairro Aratu.

066666

Para consumar a tentativa de homicídio, os rebelados conseguiram arrebentar o cadeado de suas respectivas celas e daquela onde estava a vítima. Os agentes de plantão agiram rapidamente e evitaram a execução sumária de Wesley, que ficou gravemente ferido, mas foi socorrido com vida para o hospital do Oeste, numa ambulância do SAMU.

corda

Os policiais encontraram uma corda preparada com lençóis, a qual provavelmente usaram para imobilizar o violentado. Wesley era fugitivo da cadeia de Santa Rita de Cássia e tem pouco mais de uma semana no Distrito ´policial de Barreiras.

0444444

Os delegados de plantão vão instaurar Inquérito para apurar o crime e prometem autuar o culpado em flagrante por homicídio tentado. Eles retiraram dois suspeitos da carceragem para iniciar os interrogatórios, mas, por enquanto, não possui informações sobre as causas do ataque brutal contra o presidiário.

03333

O Major Camilo Uzêda e uma tropa especializada em situações de conflitos do 10º Batalhão da Polícia Militar ajudaram controlar a rebelião e também participaram de uma operação para localizar as armas artesanais usadas nas agressões.

Apesar de a situação estar totalmente sob controle, o clima no Complexo Policial de Barreiras ainda é de muita tensão e de atenção redobrada. causas

Alô Alô Salomão

Proteção NOVA