PRESO QUE USAVA CELULAR NA CADEIA DE BARREIRAS É AMEAÇADO DE MORTE

DSCF0418_opt

Ao término da visita aos presos, na tarde deste sábado, 24, os policiais de plantão foram avisados pela mãe de um dos encarcerados sobre um conflito no interior de uma das celas do Complexo Policial de Barreiras entre os detentos Kaio, Rodrigo, Francisco e Deybison dos Santos Barone, o qual foi acusado pelos demais reclusos de estar usando um aparelho celular para contatos externos.

Os agentes plantonistas confirmaram a informação, encontrando em seu poder dois telefones. Deybison alega ter comprado os aparelhos nas mãos dos seus companheiros de cela, que repentinamente se revoltaram contra ele.

Perante a situação, os demais prisioneiros se revoltaram e prometeram linchá-lo caso fosse colocado em qualquer uma das celas da cadeia pública. Sendo assim, os policiais foram obrigados a colocar Deybison no parlatório (sala de visitas) da delegacia até encontrarem uma solução para o fato.

Um agente de custódia declarou que a indignação dos cerca de 100 detentos tem implicações antigas. “Esse preso já foi líder do presídio no passado e atualmente é rejeitado por todos aqueles que foram maltratados pelo mesmo”, concluiu.

Alô Alô Salomão

 

Barreiras Cartuchos para Substituir_opt