PRESOS CAVAM TÚNEL E TENTAM FUGIR DA CADEIA PÚBLICA DE BARREIRAS

DSCF1772_opt

Os presos tentaram fugir cavando um túnel a partir do piso da cadeia até o canal de esgoto no patio do complexo policial do bairro Aratu. O fugitivo já estava nos fundos de um dos alojamentos do Departamento de Polícia Técnica, quando se assustou ao perceber um dos agentes de plantão e retornou para a cela, passando pelo mesmo buraco.

DSCF1767_opt

De acordo com o delegado José Romero, a Polícia Militar flagrou o garçom Nicolaos da Silva Baltzidis, de 29 anos, com o seu veículo, um Fiat Palio, cor vermelha, estacionado ao lado da unidade policial. “O referido confessou que recebeu R$1 mil para transportar o fugitivo em seu carro,  e estava fazendo contato telefônico com esse preso, que segundo ele, está com um aparelho celular ai dentro”, disse o bacharel.

DSCF1778_opt

opt u

Romero ressaltou que a cadeia passará por uma criteriosa revista na manhã desta segunda-feira, 07. O lugar perfurado foi tapado com grades de ferro e um cofre velho. “Temos realizado constantes vistorias, mas faremos outra hoje para tentar localizar esse aparelho e ver se existem outros objetos em poder deles”, concluiu.

Com capacidade para abrigar 32 presos, a unidade prisional mantem mais de 80. Para cuidar da segurança deles, existe apenas um agente na custódia em cada expediente noturno.

Os delegados e agentes investigadores da polícia civil aguardam ansiosos a conclusão das obras do Centro de Detenção Provisória (CDP) regional, que deveria ser inaugurado em outubro do ano passado e até agora ainda não foi entregue.

Alô Alô Salomão

casas baiana