PRODUTORES DO SUDOESTE PARTICIPAM DE ENCONTRO TÉCNICO DA ABAPA

Image00058

Diante da situação de prolongado veranico na região sudoeste da Bahia, com sessenta dias sem chuvas, no último dia 21, na sede do distrito de Canabrava, município de Malhada, a Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa), através do Projeto de Monitoramento e Controle de Pragas do Algodoeiro, realizou um encontro técnico sobre a cultura do algodão. A reunião contou com a presença de aproximadamente 70 participantes, entre eles produtores de algodão e representantes do poder público municipal.

Além de debaterem assuntos relacionados à parte técnica da cultura, comercialização, perspectiva da lavoura atual e oportunidades para a agricultura familiar, os produtores trocaram experiências e conheceram as ações que a Abapa vem desenvolvendo na região.

Equipamentos adquiridos pela Abapa, com recursos do Fundo para o Desenvolvimento do Agronegócio do Algodão (Fundeagro), uma mini-colhedora de algodão e plantadeiras-adubadeiras, também foram apresentados aos produtores. Os equipamentos estão disponíveis aos produtores da agricultura familiar da região. “A falta desses itens dificultava o cultivo da lavoura algodoeira, entre os produtores da agricultura de baixa renda, a região tem muitas dificuldades, inclusive, relacionadas à mão-de-obra”, afirmou o engenheiro agrônomo da Abapa, José Lima Barros.

Para o produtor Aurelizo Costa, a presença da Abapa na região, representa um novo momento para a classe produtora. “Eu tenho dito que a Abapa vem mostrando aos produtores da região sudoeste, que é possível fazer as coisas acontecerem. A chegada dessas máquinas representa um grande avanço para nós”, disse o produtor.

Fonte: Associação Baiana dos Produtores de Algodão

Alô Alô Salomão

 

casa-marceneiro