PROGRAMA DESPERTAR PREMIA ESTUDANTES DAS ESCOLAS DA ÁREA RURAL DO MUNICÍPIO

”_opt

O Programa Despertar, parceria entre a Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães, através da Secretaria de Educação e o Serviço de Aprendizagem Rural (SENAR) premiou na manhã desta quinta-feira, 19, os alunos vencedores do concurso de desenho, desenho com frases e redação. A entrega da premiação aconteceu no auditório do SENAR e marcou o encerramento das atividades do programa no ano de 2015.

Em Luís Eduardo Magalhães, o Programa Despertar atua em cinco escolas, atendendo mais de 700 crianças e adolescentes. Os alunos premiados no concurso realizado este ano foram: Heloísa Cristiane de Oliveira, da Escola São Paulo, desenho, categoria Educação Infantil; João Vitor do Nascimento, da Escola Henrique de Freitas Moreira, desenho para alunos dos 1º e 3º anos; Renata Emanuela, da Escola São Francisco, desenho com frase e Rairis Santos Silva, Escola Fábio Johner, redação. A melhor experiência pedagógica desenvolvida pelos professores ficou com a professora Paula Aline Weber da Escola Fábio Johner.

Participaram da solenidade o prefeito em exercício, Marcos Alecrim, a secretaria de Educação, Marli Cenci, a presidente do Sindicato dos Produtores Rurais, Carminha Missio, o coordenador regional do Programa Despertar, Manoel Neto e a coordenadora municipal do programa, Deise Leão.

Para Manoel Neto, a parceria entre SENAR e prefeitura, em Luís Eduardo Magalhães, é muito forte. “Aqui o Programa Despertar encontrou um terreno muito fértil. Logo que iniciamos há dois anos, começamos a colher os frutos”, disse. Para a secretária, Marli Cenci, o programa representa um “despertar” para muita coisa. “É o despertar para o meio ambiente, as pessoas, pela forma como vivemos. Que seremos humanos estamos preparando para esse mundo? Essa questão é para ser pensada e nós professores temos papel importante nisso”, comentou.

O prefeito em exercício, Marcos Alecrim, disse que um dos diferenciais do programa é tornar os estudantes multiplicadores de tudo que aprenderam. “O meio ambiente precisa da gente. Utilizem todo conhecimento adquirido de maneira positiva. Nós precisamos de cada um de vocês”, disse.

O concurso teve como tema “Meio Ambiente: vida, saúde e cidadania”. A cerimônia de premiação também destacou os estudantes eleitos pelos próprios colegas como “agentes” do Programa Despertar, criado em 2005 com objetivo de promover a educação voltada para a formação da consciência ecológica, a fim de alavancar mudanças comportamentais relacionadas ao meio ambiente, saúde, cidadania, ética, trabalho e consumo.

Fonte: ASCOM/LEM

Alô Alô Salomão

 

fasbaloalosalomao (1)