Projeto Armário Solidário chega ao Hospital da Mulher com doação de kits de bebê

Cerca de 40 crianças, nascidas no Hospital da Mulher, serão beneficiadas neste fim de ano, com o Projeto Armário Solidário. A ação que faz parte do encerramento da Semana de Valorização da Primeira Infância reuniu a equipe Intersetorial do Selo Unicef, juntamente com secretária de assistência social e trabalho e presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente – CMDCA, Karlúcia Macêdo, e as representantes das secretarias de Saúde e Educação, Larissa Barbosa e Neuraci Rosalina, para entrega de kits de bebê, na tarde desta quarta-feira,19.

“O armário solidário consiste na doação voluntária de itens básicos para as mamães que, em virtude da vulnerabilidade social, chegam para ganhar seus bebês sem sequer possuir tais itens. As doações foram feitas por parceiros da sociedade civil, exemplo da Loja Bebê e Cia e do voluntário Diego Cabral”, explicou a secretária Karlúcia Macêdo.  

Segundo Makena Thomé, representante de um doador anônimo, é um orgulho representar o anjo da guarda de muitas pessoas, que há mais de 10 anos desenvolve ações como doações de cestas básicas, brinquedos e enxovais.

“Há anos, esse doador anônimo repassa recursos para o desenvolvimento dessas ações sociais às pessoas que necessitam de ajuda. Esse ano, ele optou pela doação dos kits às mães carentes e também fará doação de brinquedos, no Bairro Sombra da Tarde, em parceria com a Polícia Militar”, comentou Makena, vice-presidente do CMDCA.

De segunda a sexta-feira, o Hospital da Mulher também conta com serviço de emissão do Registro Civil para bebês nascidos na unidade.  “Aos recém-nascidos também são ofertados teste do olhinho e orelhinha, bem como estimulo à amamentação e todo amparo da equipe interdisciplinar do serviço social na triagem com as mamães para evitar a depressão pós-parto”, informou a subsecretária de saúde Larissa Barbosa.

Ao longo do ano, as secretarias municipais vêm se integrando para garantir a realização de atividades e desenvolvimento de estratégias pela melhoria da qualidade de vida de crianças e adolescentes. No dia 07 de dezembro, a Unidade de Saúde da Família Crispiniana Ferreira de Souza, localizada na Morada da Lua de Cima, sediou a Oficina de Trabalho da Estratégia Amamenta e Alimenta Brasil (EAAB).

“A EAAB é uma das ações de validação do Selo UNICEF edição 2017-2020, que tem como objetivo fortalecer ações de promoção, proteção e apoio ao aleitamento materno e alimentação complementar saudável no âmbito da atenção básica. O público-alvo foi os trabalhadores da equipe de saúde a fim de discutir as práticas de aleitamento materno e alimentação complementar no contexto de trabalho da unidade de saúde”, destacou a articuladora do Selo Unicef, Jelzira Figueiredo.  

Por: Dircom

Alô Alô Salomão