PROJETO COLETA SELETIVA SOLIDÁRIA DE LEM É FINALISTA DO PRÊMIO CIDADE PRÓ-CATADOR

O Projeto Coleta Seletiva Solidária é um dos nove projetos selecionados na primeira fase do Prêmio Cidade Pró-Catador_opt

O Projeto Coleta Seletiva Solidária da Secretaria de Meio Ambiente e Economia Solidária de Luís Eduardo Magalhães, é um dos nove projetos selecionados na primeira fase do Prêmio Cidade Pró-Catador organizado pela Secretaria de Governo da Presidência da República em parceria com a Fundação Banco do Brasil. Ao todo 68 projetos de todo o Brasil foram inscritos.

O Prêmio Cidade Pró-Catador tem o objetivo de reconhecer boas práticas dos municípios voltadas para a inclusão social e econômica de catadores de materiais recicláveis na implantação da coleta seletiva.

As próximas etapas da seleção correspondem à visita in loco pela comissão avaliadora das iniciativas finalistas. Em seguida, os relatórios serão analisados pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA). Em Luís Eduardo Magalhães a visita da comissão acontece na próxima segunda-feira, 16.

Para a secretária da pasta, Fernanda de Cássia Aguiar, a seleção do projeto Coleta Seletiva Solidária para o Prêmio Cidade Pró-Catador é motivo de orgulho para a gestão municipal. “Nós somos a única cidade da região nordeste selecionada para a próxima etapa do prêmio. Mais do que reciclar parte do lixo na cidade, nossa maior missão era retirar os catadores do lixão e oferecer um trabalho seguro e digno”.

Estão sendo avaliados os critérios de inclusão social e econômica de catadores; sustentabilidade, caráter inovador e impacto no público alvo. A premiação está prevista para os dias 30 de novembro a 2 de dezembro, na Expocatadores em São Paulo.

Fonte: ASCOM/LEM

Alô Alô Salomão

 

Atlantis piscinas 02