BOMBEIRO MILITAR É EXECUTADO A TIROS NO CENTRO DE BARREIRAS

joão

O bombeiro militar João Batista da Silva, nome de guerra “Jota Silva”, foi executado supostamente a tiros de pistola e arma longa, na Avenida Severino Vieira, no cruzamento com a Rua Barão de Cotegipe, próximo ao semáforo, por volta das 17h 15 desta quinta-feira (02).

Segundo informações colhidas no local pelo Tenente Partelli, o crime foi praticado por ocupantes de um Onix/Chevrolet, de cor branca, de placa não identificada, que interceptaram o veículo Golf, de cor branca, placa JST 8878, onde estava o bombeiro, que transitava no sentido Praça Castro Alves.

J. Silva 07

J. Silva 01

O tenente ainda declarou que Jota Silva tinha saído a poucos minutos do quartel do Corpo de Bombeiros, onde cumprimentou companheiros da instituição e minutos após, recebeu a notícia do crime.

J. Silva 03

J. Silva 04

J. Silva 06  J. Silva 08

O SAMU foi acionado, porém, ao chegar à área do homicídio, já o encontrou sem sinais de vida. Pelo menos seis cápsulas de bala (pistola) foram encontradas próximas ao automóvel do militar.

A delegada Marineide Pires, titular do Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) e o perito criminalista Mauro Medeiros iniciaram as investigações no local do crime. O corpo foi removido ao Instituto Médico Legal do complexo policial do bairro Aratu.

J. Silva 09  J. Silva

Matéria com foto destacada editada as 22h 17 em 02/03/2017

Alô Alô Salomão

superbom-opt