PROPRIETÁRIA DE UMA DAS MAIS TRADICIONAIS PIZZARIAS DE BARREIRAS COMETE SUICÍDIO

20150812060213 (1)_opt

A polícia civil acredita que a morte teve motivação passional. A comerciante Indaiá da Silva de Jesus, 41 anos, proprietária de uma das mais tradicionais pizzarias da cidade, com matriz na Rua 19 de maio, no Centro e filial na Av. Santos Dumont, bairro Barreirinhas, em Barreiras/BA, foi atingida na cabeça com um tiro de revólver, calibre não informado em boletim de ocorrência da delegacia.

DSCF1174_opt

Morreu no Hospital do Oeste, por volta das 02h 00 da madrugada desta quarta-feira, 12, para onde foi socorrida pelo seu esposo Onassis Tavares Góes, 36 anos e um filho do casal de 18 anos. “Há informações de que o jovem viu o momento em que a mãe se suicidou, além do mais, a residência possui circuito interno de filmagem que gravou tudo”, disse o delegado José Romero.

Ainda de acordo com o delegado, o marido declarou que após uma acirrada discussão, ela teve uma excessiva crise emotiva, se apossou da arma e apertou o gatilho. “Estaremos instaurando inquérito para interrogar Onassis, o rapaz (filho do casal), além de aguardar o resultado do laudo pericial da polícia científica e a análise das imagens da casa, para desta forma, tirarmos nossas conclusões do fato”.

Uma ocorrência registrada na delegacia de polícia no último sábado (08), por Indaiá, mostra que eles enfrentavam crise no relacionamento conjugal, pois o acusava de ter provocado danos em seu veículo e feito ameaças contra a sua vida, depois de uma discussão durante uma vaquejada no parque do Everaldo, por volta das 02h 00 da madrugada. Meia hora depois, a comerciante compareceu na delegacia para formalizar a denúncia.

Familiares comentam que Indaiá sempre foi uma mulher dedicada à família, além de ser empenhada e aparentemente satisfeita com a vida profissional (administração das pizzarias), porém, era possessiva e ciumava muito do esposo.

Foto enviada por: Joelton Brito

Postagem: Joselia Brito

Alô Alô Salomão

Águia2 (1)