QUADRILHAS CONTINUAM ATERRORIZANDO O POVO BAIANO E DESAFIAM O SISTEMA DE SEGURANÇA PÚBLICA DO ESTADO

Image00006

Têm sido comuns os roubos a banco em várias cidades do estado da Bahia. As ações aterrorizam a população e desafiam o Governo do estado. Desta vez, o alvo foi o município de Formosa do Rio Preto, na região Oeste da Bahia, por volta das 02h00 da madrugada deste sábado, 05.

Image00013

Cerca de 20 homens fortemente armados, provavelmente com fuzis, metralhadoras e espingardas calibre 12 assaltaram o Banco do Brasil do município, localizado a 952 quilômetros de Salvador. De acordo com a polícia, os bandidos chegaram ao local em um veículo Hilux de cor branca ou prata, duas pick up/Strada, possivelmente um furgão e motos de dados ignorados. Para que o bando chegasse até o cofre central, fechaduras das portas foram destruídas à bala.

Image00010

A instituição bancária localizada na Avenida da Matriz, no Centro da cidade, está parcialmente destruída pela implosão causada por bananas de dinamites. A população ficou aterrorizada com o barulho causado pelas bombas e incessantes rajadas de metralhadoras e fuzis 7.62. Grande quantidade de cápsulas de balas foi encontrada em frente a agência.

Image00002

Um vizinho do banco, quase foi atingido com um tiro de 12 ao abrir a janela para observar a ação da quadrilha. As paredes de um prédio comercial e do posto da PM também foram atingidas pelos tiros.

Image00004

A ação durou aproximadamente 45 minutos. Ainda não há informações sobre a quantia roubada, mas populares que retornavam de uma seresta no bairro onde ocorreu o assalto, viram o bando transportando pelo menos seis sacos de dinheiro para um dos veículos.

Eles fugiram em direção ao povoado de Malhadinha, por uma estrada vicinal que dá acesso ao estado do Piauí, onde atearam fogo em um veículo Fiat/Strada, para dificultar os trabalhos de busca da polícia.

Policiais da Companhia Independente de Policiamento Especializado (CIPE/Cerrado) e outras guarnições trocaram tiros com alguns integrantes da facção, mas não conseguiram impedir que prosseguissem a fuga.

Estatística

Segundo a Federação dos Bancários da Bahia e Sergipe, desde o início de 2014 até o mês de maio, a Bahia já tinha registrado 83 ataques a bancos. Foram contabilizadas até esta mesma data, 59 implosões de agências, nove arrombamentos, seis assaltos e nove tentativas frustradas de roubo.

Alô Alô Salomão

 

 

Fuleco d'frut pronto - Cópia - Cópia