RECÉM-NASCIDO É QUEIMADO E JOGADO EM LIXO DO BAIRRO RECANTO DOS PÁSSAROS

Os trabalhos iniciais da perícia constataram que a criança foi queimada, em seguida colocada dentro de uma sacola plástica e jogada ao lixo em um lote do bairro Recanto dos Pássaros. O corpo foi encaminhado para o IML, onde material genético será recolhido pela perícia para futuros exames.  A Polícia Civil suspeita que seja a filha recém-nascida de Adriana Barbosa Marques, de 24 anos, que a mãe declarou ter doado após sair do hospital, mas aguardará resultado de apuração do Departamento de Polícia Técnica.

O bebê foi encontrado por populares. Está em avançado estado de decomposição e foi levado na sacola para o IML do DISEP/SESI.

Policiais do Serviço de Investigação (S.I.) da 1ª Delegacia de Barreiras realizaram buscas no apartamento de Adriana na manhã de hoje (06), onde encontraram uma panela queimada e um frasco de álcool que também serão encaminhados para pericia do DPT. “Há indícios de que algo foi queimado na panela, mas vamos aguardar a conclusão do trabalho pericial”, comentou um dos agentes investigadores.

Adriana tem audiência marcada com o delegado José Romero na próxima segunda-feira (11), onde será interrogada sobre o processo ilegal de adoção de sua filha.

Fatos relacionados:

AGENTES MUDAM LINHA DE INVESTIGAÇÃO SOBRE SUPOSTA ADOÇÃO DE RECÉM – NASCIDO DE ADRIANA

JANA PROCURA DELEGACIA E NEGA ENVOLVIMENTO COM SUPOSTA ADOÇÃO ILEGAL DE BEBÊ

POLÍCIA CIVIL INVESTIGA SUPOSTA ADOÇÃO ILEGAL DE BEBÊ EM BARREIRAS

Alô Alô Salomão