REDE DE BALANÇO É ALIADA NO DESENVOLVIMENTO DOS BEBÊS NO HOSPITAL DO OESTE

unnamed_opt

Quem achava que relaxar no balanço da rede era coisa só para adultos se enganou! No Hospital do Oeste (HO), unidade administrada pelas Obras Sociais Irmã Dulce (OSID), em Barreiras, essa tem sido justamente a rotina dos bebês internados na Unidade de Cuidados Intermediários Neonatal (UCI NEO). Implantada em fevereiro deste ano, a “técnica da redinha”, como é conhecida, vem garantindo uma recuperação mais rápida aos pequenos, entre outros benefícios.

“Os resultados são claros, além do ganho de peso com maior facilidade, nossos bebês melhoram a frequência respiratória e cardíaca e, consequentemente, ficam mais calmos”, ressalta a fisioterapeuta Leina Ormond. Segundo conta, o projeto enfrentou seu primeiro desafio já na aquisição das redes, cujas dimensões precisam estar adequadas ao tamanho dos bebês. Tal necessidade já foi inclusive superada, pois as redinhas passaram a ser confeccionadas na própria unidade de saúde.

A técnica é realizada com bebês de até um quilo e 300 gramas em incubadoras, desde que estejam em ventilação espontânea. Esse é o caso, por exemplo, da filha da moradora do município, Angélica Macedo, que nasceu aos 7 meses de gestação, pesando 990 gramas. “Há dez dias minha filha está no HO. Mesmo durante esse pouco tempo, já pude perceber que ela ficou bem mais calma depois de ser colocada na redinha”, comentou a mãe.

Além da rede, o Hospital do Oeste já utiliza outras técnicas para a melhoria da saúde dos bebês, em sua maioria prematuros. Entre elas, destaque para o “Ofurô”, com banhos que acalmam a criança, e a “Hora do Sono”, momento em que todos os monitores são desligados, garantindo o total relaxamento dos pequenos.

Por: Ascom/HO

Postagem: Joselia Brito

Alô Alô Salomão

CHURRASCARIA BOI BONITO