SHOW DE SOLIDARIEDADE ENTRE MAÇONS NO HO

image001_opt_opt

Todos unidos pela vida! Esse foi o objetivo de 50 membros da Loja Maçônica Irmão Paulo Roberto Machado. No último dia 4 de setembro, fora do horário de trabalho, o grupo iniciou outro expediente, o da doação de sangue. Os maçons lotaram a sala de espera da Unidade de Coleta Transfusacional do HEMOBA, que funciona no Hospital do Oeste (HO).

As doações de sangue são de importância fundamental para o HO. O complexo hospitalar realiza por mês até 500 transfusões de sangue, que é um procedimento médico adotado para salvar vidas e para tratar doentes em estado grave.

“Nos últimos meses, a iniciativa de grupos de faculdade, empresas privadas, instituições religiosas e torcidas de futebol tem contribuído para o  crescimento das doações, mas não podemos esquecer que essa é uma necessidade contínua, por isso, esperamos que ações como essas se tornem cada vez mais constantes”, comentou Lucilene Aguiar, assistente social da UCT/HEMOBA.

PARA DOAR SANGUE É PRECISO:

» Para doar sangue, o interessado deve ter idade entre 18 e 67 anos e pesar a partir de 50 kg;

» Jovens de 16 e 17 anos podem doar acompanhados da mãe, do pai ou do responsável legal;

» É preciso estar alimentado e não ter ingerido comidas gordurosas nem bebidas alcoólicas na véspera e no dia da doação;

» Não pode doar se estiver gripado, com febre ou amamentando; teve hepatite após os 10 anos de idade; fez tatuagem ou piercing há menos de 1 ano; for usuário de drogas; for portador de HIV, HTLV, Hepatite B ou C, Sífilis ou Doença de Chagas;

» O doador deve apresentar documento oficial original, em bom estado e com foto atualizada;

»Vale lembrar que, em pouco tempo, o organismo repõe o sangue doado.

Por: Ascom/HO

Postagem: Joselia Brito

Alô Alô Salomão

0001_opt