TREINAMENTO DE DIREITO TRIBUTÁRIO É MINISTRADO PELA ABAPA

Image00001

Para qualificar os profissionais que praticam atividades nas áreas de Administração, Contábeis e Recursos Humanos nas propriedades produtoras de algodão, a Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa) promoveu, neste fim de semana, de 15 a 17, o curso de Direito Tributário, que faz parte do calendário de treinamentos do Programa de Desenvolvimento em Gestão do Agronegócio. Esse treinamento é ministrado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e tem o apoio do Instituto Brasileiro do Algodão (IBA).

“Essa iniciativa tem como objetivo fortalecer a cadeia produtiva de algodão através da capacitação profissional. Temos um mercado cada vez mais competitivo, daí a necessidade e urgência em investir na qualificação dos nossos colaboradores”, disse a presidente da Abapa, Isabel da Cunha.

Segundo o professor da FGV, André Ricardo Passos, o treinamento traz o mesmo conteúdo que é lecionado no módulo de gestão do agronegócio, do curso de MBA do mestrado em Formação de Administradores do Agronegócio da FGV. “Esse curso oferecido pela Abapa, tem basicamente a mesma carga horária desse módulo, só que com uma característica específica, voltada para a realidade e necessidades dos produtores, o que o torna muito mais interessante, mais efetivo e direcionado”, disse o professor, que também enfatizou os benefícios do treinamento. “Esse treinamento oferece aos profissionais uma visão mais ampla da cadeia agrícola, dando-lhes capacidade e facilidade para gerir as mais diversas situações, ladeados pelas técnicas de gestão de administração, tendo como base, os métodos mais usuais e modernos que se praticam no agronegócio brasileiro, que é uma grande referência”, disse.

O gerente contábil da Fazenda Agronol, Gersuel Brito, falou sobre a necessidade e importância da qualificação profissional. “Eu sou um entusiasta da qualificação profissional, qualquer iniciativa que venha capacitar e treinar a mão de obra, eu prestigio, apoio e participo. O Agronegócio é um meio onde as situações são bem características. Precisamos de pessoas muito bem preparadas. Eu gosto de participar, e sempre repasso o que eu aprendi de novo. O compartilhar é o que vai agregar e fazer diferença no cotidiano profissional”, enfatizou Gersuel.

O curso teve carga horária é de 24 horas/aula, administradas em três dias, no auditório da Abapa, em Barreiras. O próximo treinamento do Programa de desenvolvimento em gestão do agronegócio, será nos dias 12, 13 e 14 de setembro, com o tema: Financiamento do Agronegócio.

Assessoria de Comunicação

Associação Baiana dos Produtores de Algodão

 

PROTEÇÃO