UFOB: LIDERA NOTAS DE CORTE EM MEDICINA EM ÚLTIMO DIA DE INCRIÇÕES PARA O SISU

ufob1_opt

O curso de medicina na Universidade Federal do Oeste da Bahia (UFOB) aparece com a nota de corte mais alta na mais recente atualização de dados do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) 2016.

A nota de corte é provisória, foi divulgada à 0h e é a última liberada pelo Ministério da Educação (MEC) antes de encerrar as inscrições na edição do primeiro semestre de 2016 do Sisu.

Se consideradas as 10 maiores notas de corte provisórias, quatro instituições são do Nordeste do país: A Universidade Federal do Oeste da Bahia (1º lugar – 889,55 pontos), Universidade Federal do Rio Grande do Norte (2º lugar- 881,4 pontos), Universidade Federal de Pernambuco, campus Caruaru (8º lugar- 812,86 pontos) e Universidade Federal de Alagoas, campus Arapiraca (9º lugar- 810,68). Considerando ainda todos os 83 cursos de medicina, a média da nota de corte subiu 0,3% entre quarta (13) e quinta-feira (14) – de 785,9 para 787,9 pontos.

A mais baixa, levando em conta a última parcial, é da Universidade Federal Rural do Semi-Árido, com 755,48 pontos.

O prazo de inscrição vai até 23h desta quinta-feira (14). Segundo especialistas, a nota de corte ainda deve sofrer alterações ao longo do dia e deve ser ligeiramente maior que as divulgadas na última parcial.

Segundo o MEC, até as 18h de quarta-feira (13) o Sisu registrou 2.217.738 inscritos. Ao todo, 5,8 milhões de pessoas fizeram o Enem 2015.

(COMO FAZER A INSCRIÇÃO NO SISU? Clique aqui para entender mais de 10 passos essenciais)

As notas apontadas neste levantamento consideram somente vagas oferecidas por meio da “ampla concorrência”, às quais concorrem estudantes que não se encaixam em critérios da Lei de Cotas ou em ações afirmativas próprias de cada universidade. As notas para cotas sociais e raciais são menores.

Ao considerar somente a categoria “ampla concorrência”, estão em disputa 2.255 vagas para cursos de medicina no país.

Resultado

O resultado da chamada regular será divulgado no dia 18 de janeiro na página do Sisu e nas instituições de ensino superior.

As matrículas ocorrem nos dias 22, 25 e 26 de janeiro. Assim como na edição anterior, só haverá uma chamada.

Entre os dias 18 de janeiro e 29 de janeiro os candidatos que não foram convocados para sua primeira opção podem entrar na lista de espera. Caso sobrem vagas, as instituições poderão convocar os alunos dessa lista.

Pelo Sisu, os candidatos que fizeram o Enem disputam vagas em instituições públicas de ensino superior de todo o país.

Inscritos

Monitorar o sistema pode ajudar o estudante a aumentar suas chances de aprovação. Como o Sisu funciona de forma dinâmica, é possível mudar a inscrição quantas vezes for necessário até o prazo final.

Se a nota de corte estiver muito acima da pontuação obtida no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), a melhor saída é escolher outro curso e/ou instituição com nota mínima mais baixa.

Para participar do processo seletivo, o candidato deve ter feito o Enem em 2015. As notas foram divulgadas na última sexta (8).

Como funciona o Sisu

Para disputar as vagas, além de ter feito a edição 2015 do Enem, os candidatos devem ter obtido nota na prova de redação que não seja zero.

O Sisu é um sistema eletrônico gerenciado pelo MEC que seleciona os alunos de acordo com o desempenho no Enem. O estudante pode se inscrever em até duas opções de vagas, por ordem de preferência.

Ao fazer sua inscrição, o candidato ainda precisa apontar se deseja concorrer às vagas de ampla concorrência, às vagas reservadas para Lei de Cotas ou às destinadas às demais políticas afirmativas da instituição selecionada.

Durante o período de inscrição, é possível verificar a nota de corte de cada curso e mudar a candidatura, otimizando as chances de aprovação.
Nota de corte

A nota de corte é a menor nota para o candidato ficar entre os potencialmente selecionados. O MEC alerta que ela “é apenas uma referência para auxiliar o candidato no monitoramento de sua inscrição, não sendo garantia de seleção para a vaga ofertada. O sistema não faz o cálculo em tempo real e a nota de corte é modificada de acordo com a nota dos inscritos. A nota de corte só será informada pelo sistema a partir do segundo dia de inscrição.”

Fonte: G1

Alô Alô Salomão

 

bel-guincho-659x228