UMA DAS VÍTIMAS DE ACIDENTE EM BARRAGEM NO AMAPÁ É DO OESTE BAIANO

Image00001

Uma das vítimas desaparecidas no desabamento da barragem da Usina Hidrelétrica Santo Antonio, no município de Laranjal do Jari – AP, na madrugada do último sábado (29) nasceu no Oeste da Bahia. O encarregado Altenizio Tavares Cardoso é filho de Sizesnando Tavares Cardoso e Valdelice Cardoso Tavares, naturais de Riachão das Neves.

A esposa de Altenizio com quem possui uma filha de 3 anos, também é riachão-nevense, a senhora Elianeide Fernandes, filha de Pedro Fernandes e Valdenir Nogueira, moradores do povoado de Riachão do Pintor no mesmo município. Residente com a família em Brasília-DF, a vítima estava a trabalho no Amapá.

Ele e mais dois operários que trabalhavam nas obras da usina no momento do acidente no sábado (29), identificados por Uverlando de Souza Lima, operador de guindaste e Antonio Marques Filho continuam desaparecidos. O governo do Amapá informou à imprensa que o corpo encontrado é do soldador Tancredo Coelho de Souza, 29 anos.

O corpo dele estava boiando próximo à área que foi inundada com o rompimento de uma das “ensacadeiras” que desviavam o curso do rio. O comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Miguel Rosário, disse à Agência Brasil que oito bombeiros procuram os demais desaparecidos.

Atualização às 22h 53 em 02/04/2014

Alô Alô Salomão

 

REALIZE SEU SONHO! SAIA DO ALUGUEL